Buscando melhorias para a saúde Prefeito participa de audiência em Porto Alegre

Viagem a Porto Alegre

Em audiência marcada pelo Deputado Eduardo Loureiro, com Secretario Estadual da Saúde João Gabbardo, o prefeito Everaldo Moraes e a primeira dama Glorinha Ramos Moraes estiveram em Porto Alegre juntamente com uma comitiva de Espumoso, composta pelo Prefeito Douglas Fontana, a Secretária da Saúde Marileisa Valandro, o Vereador José Carlos Mehring, o Administrador do Hospital São Sebastião Rafael Scolari, comitiva de Alto Alegre composta pelo prefeito, Gilmar Tonello e o Secretário da Saúde Cezar Galera e comitiva de Lagoão composta pelo prefeito Cirano Camargo e o Secretário da Saúde Fabio Camargo.

A reunião buscou tratar da dívida do Estado com o Hospital São Sebastião de Espumoso e os repasses atrasados com os municípios. Na ocasião, o Secretário confirmou o pagamento no valor integral de R$805 mil para o Hospital São Sebastião ainda nesta semana e o inicio da quitação com os municípios após o pagamento com todos os Hospitais do estado.

Campos Borges aguarda estes recursos para que possa realizar mais investimentos na saúde e quitar dívidas já existentes, como a deixada com Dr. Janrier de Lorena Wendel, que em 31 de dezembro deixou de atuar no município após rescisão amigável com a antiga administração, deixando uma quantia de R$ 40.360,00 a ser quitada. Um contrato emergencial foi imediatamente buscado pela administração municipal com o Dr. Paulo Macagnan, no entanto num primeiro momento houveram divergências quando aos termos contratuais e o município ficou por um fim de semana sem médico plantonista.

Para este final de semana o município resolveu a situação e o Dr. Paulo Macagnan estará a disposição como clínico geral todos os dias. Com o recebimento dos recursos do estado uma das metas da nova administração é disponibilizar também especialistas no próprio município. Para casos graves, o município retomou o convenio com o Hospital São Sebastião, para onde obrigatoriamente são encaminhados todos os casos de internação que não podem receber o correto atendimento apenas na unidade básica de saúde que o município dispõe.

Viagem a Porto Alegre 2